Home  
 

Contribua
Está com dúvida?
Clique aqui.
Menu Geral
Home
Inscreva-se
Regras
Fórum
Downloads
Temporadas
Nascar Series
NR2003
Pro S2/2018
Light S4/2018
Truck S2/2018
Login





Esqueceu sua senha?
Sem conta? Crie uma

Pro – Lima bate e Perazzo vence novamente em Kansas E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Por Emmanuel Castello   
29 de setembro de 2006
Kansas City, Kan. Na última etapa da 1ª metade do campeonato, os pilotos da PRO se reuniram novamente para dar continuidade à acirrada disputa pela liderança do campeonato: Perazzo, Xavier, Lima, Dytz e Magnani. Embora 50 pontos separassem o líder do segundo colocado, um erro pode ser o suficiente para não só reduzir essa diferença como reverter o quadro.
Felizmente para o líder Perazzo, e infelizmente para os seus concorrentes, o que aconteceu foi o inverso.Pela primeira vez na temporada, com exceção de alguns tropeços, os espectadores foram premiados com uma corrida de nível bem elevado. Nível PRO. Foi possível sentir na pista - e fora dela – a verdadeira essência da Nascar: Pilotos andando forte, enfileirados, aguardando uma boa oportunidade antes de lançar os seus ataques. Tem-se a impressão de que toda a polêmica em torno dos demasiados acidentes e YFs tenha finalmente colhido alguns frutos. Resta agora esperar que o cenário se mantenha nas próximas provas.Perazzo, Lima e Magnani dominaram os treinos livres com tempos abaixo de 29.6; a temperatura da pista estava baixa graças ao tempo nublado. Bicca ameaçou os líderes com a marca de 29.65; Qualy: Mais uma vez Lima fatura a pole, a sua 3ª na temporada. O Piloto da Greenflag conseguiria recuperar terreno em embolar o campeonato?A corrida:Enquanto o pelotão do meio trocava posições, os pilotos da ponta – Lima, Perazzo, e Magnani andavam enfileirados, onde cada um aguardava pelo erro do outro para faturar mais uma posição.

O andar da carruagem dava a impressão de que qualquer mudança de posição se daria no box, ou no “raxa” das dez voltas finais, mas foi na metade da corrida que Magnani deu um bote e passou Lima por fora, que por sua vez tentou retardar a freada ao máximo para dificultar a ultrapassagem. Semelhante à muitos pilotos mundialmente conhecidos, Lima tem mostrado certa dificuldade em momentos de intensa pressão: na retardada da freada, o líder da prova passou do ponto e espalhou batendo na lateral traseira do carro de Magnani, tirando os dois da disputa pela vitória. YF

Tristeza para alguns, felicidade para outros, principalmente para o líder do champ Perazzo, que herdou duas belas posições para assumir a ponta. Na relargada, Bicca, que vinha fazendo uma prova bem discreta, tirou algumas cartas da manga e acelerou forte faturando diversas posições, assumindo a 3ª posição. A diferença para o líder ainda era importante até que surgiu uma muito bem vinda YF. O piloto da BTD aproveita a oportunidade e logo ultrapassa o segundo colocado, partindo assim ao ataque contra o líder.

Talvez tenham faltado algumas voltas para o Bicca conquistar sua primeira vitória, ou não; mas certamente o piloto Perazzo da Naja Motorsports agradeceu a bandeira quadriculada, faturando a sua segunda vitória consecutiva, e uma liderança agora um tanto confortável à nível de campeonato. O vice-líder Xavier, que não fez uma boa prova, terá de remar duro para diminuir 50 pontos de diferença, são mais cinco provas para isso, a próximo no SuperSpeedway de Talladega.

Destaques Positivos:

Perazzo: Mais uma vez mostrou a velocidade unida de maturidade, sendo rápido em se manter sempre próximo e no ritmo dos lideres, e cauteloso aguardando o momento certo e ideal para o ataque. Nota: 10

Bicca: Andou muito forte no fds, com paciência nas posições intermediárias, e fez excelente estratégia de paradas para faturar um belíssimo segundo lugar. Nota: 10

Oliveira: Bem rápido, se manteve longe de problemas, e soube administrar bem o seu ritmo para conquistar um belo 3º lugar, a última vaga no pódio. Nota: 8

Destaques Negativos:

Castello: Sem comentários, tomou BF numa relargada, rodou e bateu ao sair dos boxes, e na última relargada engatou a primeira marcha perdendo o controle do carro e provocando um acidente envolvendo mais dois pilotos. Suspeita-se que o piloto recém contratado da BTD tenha tido uma forte discussão com a esposa antes da prova! Nota: Zero

Lima: Apesar de muito veloz em todo o fds, o piloto da Greenflag cometeu um erro infantil ao tentar defender sua posição, pondo fim às chances de vitória tanto para ele como também para o colega Magnani. Mais tarde o piloto da Greenflag entraria no pit de fora para dentro em cima da hora, provocando mais um acidente. Nota: 2

Dytz: O piloto da Skyline, que vinha fazendo uma boa prova, não “percebeu” que estava sendo ultrapassado por dentro e fechou bruscamente o adversário causando um acidente e pondo fim à sua corrida. Recomenda-se a instalação de um “espelhinho” com “GoodLook” no lado direito do carro. C. Dytz alegou ter tomado antes da corrida um remédio contra uma dor no joelho que teria afetado a sua concentração. Nota: 4

Xavier: Embora tenha largado do fim devido à punições, não encontrou o acerto e o ritmo ideal para poder acompanhar os líderes. Juntando isso e mais alguns pequenos erros, o saldo final foi um melancólico 11º lugar. Testemunhas afirmam que o piloto da BTD foi visto numa balada às 5h00 da manhã na véspera da corrida. Nota: 5

 


Por Emmanuel Castello

Por favor, faça login ou registre-se para comentar.
J! Reactions Commenting Software
General Site License
Copyright © 2006 S. A. DeCaro
 
< Anterior   Próximo >