Home  
 

Contribua
Está com dúvida?
Clique aqui.
Menu Geral
Home
Inscreva-se
Regras
Fórum
Downloads
Temporadas
Nascar Series
NR2003
Pro S2/2018
Light S4/2018
Truck S2/2018
Login





Esqueceu sua senha?
Sem conta? Crie uma

EXTREME - Rondeico levanta o caneco E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Por Paulo Gonçalves   
12 de dezembro de 2006

ext_rondeico

”Um grande piloto, rápido e determinado” - Luciane Michele #964 (Campeã ASA S2-2006)
“Relâmpago McQueen” – Daniel Amigo #711 (Piloto Arca)
“É um iluminado que nasceu com o dom de pilotar um simulador” Emellone #970 (Campeão Light S2-2006)
“É um perfeccionista dentro das pistas e amigo do peito fora delas” Marcos Perazo #223 (Campeão Pro S2-2006)
“Constância, dedicação e desempenho. Alta performance” Xavier #111 (Piloto Pro)
“Excelente, honesto, rápido, as vezes muito rápido e dedicado.” Cunha #13 (Piloto Extreme)
Este é o perfil do novo campeão da Inform Extreme Series.


Homestead, FL. Alucinante. Essa é a melhor palavra para descrever a última corrida da Extreme nessa temporada. Embora o grid tenha sido marcado por um pequeno número de pilotos, os heróis que compareceram mandaram muito bem. Rupa andou bem, mas faltou sorte mais uma vez.

Cunha, embora o mesmo já tivesse se auto-definido como jol, andou muito e quase chegou em uma colocação melhor. Duko, Como sempre andou bem e acabou subindo em um degrau do pódio. Loyola, não deu sorte também.... vinha bem até a panca. Becker, antes do primeiro pit estava muito bem. Depois bateu(ram). Louis, Ótima prova. Sobre a dupla dinâmica, como aconteceu em outras corridas nesse semestre, os carros #12 e #4 dominaram a maior parte da corrida. Rondeico cravou a pole e Schmidt o segundo lugar. Na largada Schmidt passou Rondeico e o piloto do Fusion #12 numa estratégia cuidadosa, foi pressionando, mas ao mesmo tempo mantendo uma distância segura do warp que algumas vezes o carro #4 apresentava. Schmidt estava com uma tocada muito consistente e até a metade da prova andou forte na frente.

Após isso Rondeico conta para a gente:
LBN NEWS: Como foi a estratégia de Miami? Equipe realmente ajuda numa hora dessas?
C.RONDEICO: Andar forte acho que era a melhor estratégia, primeiro porque eu queria ganhar a corrida, e segundo, se eu fosse muito conservador talvez as coisas poderiam não ter dado certo. A equipe ajuda sim, mas antes de tudo os treinos são mais importantes. Aproveito pra agradecer o pessoal da GTR pela força que me deram desde que comecei a correr.

LBN NEWS: Conte para nós como foi sua corrida ?
C.RONDEICO: Larguei na pole mas em Homestead quem larga por fora tem vantagem, nessa o Schmidt me passou logo na primeira volta. Fiquei um bom tempo atrás dele tentando passar mas não arrisquei muito pois se houvesse algum acidente entre nós seria fim de corrida porque aquele muro é mortal. Após uma longa perna de green eu percebi que o Rupaner que estava em 3rd entrou nos pits, então eu entrei logo na outra volta, Schmidt entrou uma volta depois de mim, felizmente consegui fazer um pit muito rápido e saí na frente dos dois. Após algumas voltas eu estava liderando. Depois de algumas voltas veio uma YF e eu pitei, mas o Loyola e o Cunha que trocaram somente os pneus do lado direito saíram na minha frente. Quando veio a green eu consegui passar o Loyola, pouco depois veio outra YF. Na relargada o Cunha que estava em 1st se enroscou com outro piloto e eu assumi a liderança. Depois disso só foi levar até o final sem dificuldade pois meu carro estava muito rápido.

LBN NEWS: Como você avalia sua participação nessa temporada?
C.RONDEICO: Foi satisfatória, o objetivo foi alcançado. Cada temporada que passa você anda melhor e essa não foi excessão. Consegui ser rápido e quase não cometi erros.

LBN NEWS: Agradecemos sua atenção e aproveitamos para deixar aqui nosso parabéns pelo título.
C.RONDEICO: Obrigado. Gostaria de mandar um abraço ao pessoal que correu comigo esse semestre, agradecê-los pelas disputas insanas e leais, pelas grandes dificuldades que eles me proporcionaram pois são muito rápidos, isso só aumenta o prazer da conquista. Outro abraço especial a toda comunidade da LBN, obrigado por vocês existirem.

Para completar a rodada de informações, corremos ouvir o gerente da categoria Eder Taffarel:
LBN NEWS: Gerenciar uma categoria como a Extreme, tras facilidades ou até nas penais eles são extremes ?
E.Taffarel: Os dois, traz tanto facilidade como os penais são complicados. Tivemos corridas onde a maioria dela foi em Green, o que não se tem muito trabalho, no entanto, tivemos acidentes que tiveram que ser revistos inúmeras vezes, de tão complicados que eles eram.

LBN NEWS: Como você avalia o nível desse champ que se encerra ?
E.Taffarel: Excepcional. Essa é a minha 3 temporada como gerente da Extreme, e de longe, a melhor de todas. Um campeonato de altíssimo nível, que só se definiu no final, como se esperava dele, desde o começo.

LBN NEWS: Como observador da categoria, quem você apontaria como a grande revelação desse semestre na extreme ?
E.Taffarel: Olha, isso é realmente complicado, pois, elegemos um, e podemos ser injustos. Mas o Rondeico pra mim, foi o que mostrou ser a revelação, apesar de estar aqui há algum tempo. Mostrou um amadurecimento muito grande, e levou o campeonato merecido.

LBN NEWS: Qual o recado aos pilotos que deverão estar subindo para a categoria TOP ?
E.Taffarel: Treinem, pois como diria o ditado.... "Aqui o buraco é mais embaixo".

LBN NEWS: Qual a mensagem do Montoya para os pilotos que encerraram o champ S2-2006 ?
E.Taffarel: Estão todos de parabéns pela excelente temporada que eles propiciaram a todos, e a mim principalmente, pois é de encher os olhos, ver esses correrem. E que espero todos no ano que vem, com uma categoria mais competitiva do que foi nesta temporada.

Além de Rondeico, a Equipe RFB também ergueu o caneco por equipes. Conversamos com Guilherme Cunha um dos diretores da equipe:
LBN NEWS: Na sua visão, Qual o segredo do sucesso da RFB como equipe extreme ?
G.Cunha: Ver a brincadeira como uma brincadeira realmente, sem estresse, sem fixação da nóia de levar o campeonato.

LBN NEWS: O que faltou para a equipe campeã fazer tb o piloto campeão ?
G.Cunha: Faltou-nos sorte nas horas precisas. Tivemos sorte de um lado e não ganhamos tanto assim, e quando tivemos azar, perdemos bem. Mas é isso, campeonato, era pra ser dele esse, e foi com bastante mérito.

LBN NEWS: Quais são os planos da RFB para 2007 ?
G.Cunha: Sempre é um título né... mas ninguém estará 100% dedicado a LBN por conta da vida pessoal... então, o importante é a brincadeira e a participação




Com isso ficamos por aqui e em 2007 tem mais emoção. Muito obrigado a todos.

Por favor, faça login ou registre-se para comentar.
J! Reactions Commenting Software
General Site License
Copyright © 2006 S. A. DeCaro
 
< Anterior   Próximo >