Home  
 

Contribua
Está com dúvida?
Clique aqui.
Menu Geral
Home
Inscreva-se
Regras
Fórum
Downloads
Temporadas
Nascar Series
NR2003
Pro S2/2018
Light S4/2018
Truck S2/2018
Login





Esqueceu sua senha?
Sem conta? Crie uma
Nós temos 1 membro online
  • roudamiresonst

PRO - Puka conquista Carolina E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Por Paulo Gonçalves   
08 de novembro de 2006
Rockingham, NC. Uma Short Track de 1,017 milhas. Esse foi o grande desafio dos Pilotos da Pro 315 in the Box Series da LBN. Nesta última terça-feira dia 07 de novembro, 16 concorrentes ao caneco da Race, se encontraram e disputaram uma emocionante batalha. A corrida acabou sendo recheada por um número excessivo de Yellow Flag´s, possibilitando o Pace Car liderar o maior número de voltas, passando 64 vezes em primeiro sobre a linha de chegada.

 Embora a pista de North Carolina com seus 37 anos fosse mais velha que a grande maioria dos pilotos, ela demonstrou estar mais jovem do que nunca, segurando fortes emoções até as últimas voltas. Pedro Puka Lima, veio com uma estratégia bem definida e conseguiu coloca-la em prática com ajuda da Green Flag, sua equipe. Outros pilotos que lutam pelo título acabaram demonstrando sua costumeira competência. Destacando-se dos demais pilotos tivemos Adalberto Xavier, Magnani e como era de se esperar o constante Perazzo. Marcos Bicca que já venceu uma prova na temporada, conseguiu uma excelente terceira posição. Já Dytz foi o alpinista da noite, escalando 10 posições no grid e chegando na quarta posição. Após a vitória, ouvimos Pedro Lima ou Big Pedro.

LBN NEWS: Boa noite. Qual o segredo de uma pista como North Carolina?
P.Lima: Primeiramente, Boa noite! North Carolina não me parece ter muitos segredos, todos sabem que é uma pista onde é essencial poupar pneu, pois o consumo é extremamente elevado! E o outro segredo é o treino para aprender a poupar o pneu na pista... No mais é acertar a estratégia e ir para cima.

LBN NEWS: Qual era sua estratégia antes da corrida?

P.Lima: Antes da corrida eu estava pronto para uma corrida sem muitas YF's e disputada! Normalmente eu sempre venho fazendo as voltas mais rápidas na categoria, mas nessa corrida foi diferente! Por causa da falta de tempo eu não havia treinado ainda e acabei treinando só no dia, uma hora antes para poder me acertar com carro. O pouco tempo de treinamento só me possibilitou treinar corrida, deixei de lado as hotlaps. A estratégia era poupar pneu o máximo possível durante as primeiras 20 voltas e a partir daí, dar o pulo do gato, pois é onde o resto do pessoal que não poupou pneu começa a sentir diferença... Estava pronto para dois pits, próximos as voltas 45 e 90, não me recordo bem.

LBN NEWS: Conte para nós como foi sua corrida.

P.Lima: A corrida foi suada!!! Emocionante no final! Eu costumo tirar por base os tempos do pratice para ver quem está bem para corrida e quem não está. Obviamente eu me mantenho concentrado normalmente naqueles que sempre sei que vão me oferecer perigo, como o Magnani. No pratice, como era previsto, o Magnani estava voando baixo e eu acabei fazendo apenas o sétimo tempo. O pratice estava muito equilibrado. Como eu já fiz umas 3 poles nesse semestre (eu não era de acertar muito no quali), fui confiante em conseguir um bom posicionamento no grid de largada. Errei o início da volta um e ali matei minhas chances de pole. Acabei fazendo um tempo razoável e larguei em segundo. Sem surpresas, o Magnani largou em primeiro. Para a corrida eu tinha meu grande escudeiro, o Charles Canato, que largou em quarto, logo atrás de mim. Fui com o pensamento de poupar pneu e ir na boa durante toda a prova, esperando os momentos certos. Derrepente a corrida mudou o que eu imaginava e estava cheia de YF, assim Eu e o Charles decidimos entrar no pit em todas Yellow Flags depois de umas 9 laps em green.

LBN NEWS: Você já previa uma disputa dura durante a corrida?
P.Lima: Antes de começar a corrida achava que seria difícil vencer o Magnani, depois que começou percebi que não seria tão complicado assim e eu estava no mesmo ritmo dele! Certo momento da corrida, percebi que deveria ficar entre Eu, Magnani, Xavier e correndo por fora, o Bicca que também vinha bem, mas com um rendimento um pouco a baixo, talvez por acidentes, não sei. Mais ao final da corrida, eu me precipitei e acabei rodando. Faltavam umas 40 voltas e eu estava em último. Escalei todo o pelotão até a terceira posição. Mesmo tendo deixado de lado a estratégia de poupar pneu, meu traçado era melhor que do restante e assim eu consegui economizar mais o pneu e tirei a diferença dos lideres. Quando faltavam umas 22 laps veio uma YF e eu já estava para ultrapassar o Xavier que era o segundo. Falei: PERFEITO ! A sorte sorriu para mim, pois tinha sido um trecho sem YF e achei que não sairiam novamente e teria de suar muito para passar...

LBN NEWS: A Green Flag acertou na estratégia?
P.Lima: Durante o pit Eu e o Charles aumentamos o nosso grille. Ele que vinha em quinto se não me engano e pulou para primeiro. Eu consegui sair logo em segundo. Como estou na briga pelo título (apesar de muito improvável), decidimos que na relargada eu passaria e ele ficaria de escudeiro. Relargamos, fui para primeiro e abri 1 segundo do terceiro colocado em 2 laps e ía aumentando. Sobre o Xavier que era o segundo, Eu abri 0.5 e mantive durante um bom tempo. O Charles com rendimento não muito bom do carro acidentado, caiu para sexto. Eu pedi pelo rádio para ele tentar ultrapassar o Perazzo, para que eu pudesse descontar mais pontos, porém o Charles não conseguiu. Faltando 11 laps deu outra YF, onde eu estava suportando a pressão de Xavier que já estava a 0.3. Relargamos faltando 7 laps, eu quase rodei na relargada. Ali eu já estava suando frio, pois parece que a corrida não acabaria nunca.

LBN NEWS: O final da corrida acabou sendo o momento que realmente a tensão aumentou então?
P.Lima: É o momento mais emocionante e tenso. Você acelerando com alguém a 0.3s atrás. Você Não pode errar e pode estar valendo continuar no páreo. Graças a Deus uma YF a 4 laps do final saiu e eu gritei bem alto no rádio com o Charles: PO*** Fiquei feliz com a vitória. Já venho beliscando ela a muitas corridas e sempre eu me atrapalhava no próprio nervosismo. Dessa vez venci meu maior inimigo, eu mesmo !!!

LBN NEWS: Faltando duas provas para o final da temporada, qual a estratégia da Green Flag para fazer Pedro Lima campeão?
P.Lima: Macumba ! Hahahaha ! Brincadeira. A estratégia de vencer e secar. Além de ter muito cuidado. A equipe está unida para me ajudar e sabemos que tenho remotas possibilidades, mas elas existem. Vou lutar para vencer as próximas duas e secar o Perazzo ao máximo, para que ele não consiga boas posições. Infelizmente nosso grid está muito vazio e sempre tem uns 4 ou 5 que SEMPRE batem no início da corrida e o Perazzo que já é MUITO constante tem a vida facilitada, pois qualquer mau resultado para ele, acaba proporcionando para ele um top 10 no mínimo. Eu tenho a tarefa complicadíssima de vencer a corrida, liderar mais voltas e não causar nadinha de nada de acidentes, pois estou pendurado com 35 pontos depois dessa corrida. Portanto tá na mão do Perazzo, que com excelentes resultados e constância (segredo da Nascar) está liderando com folga.

LBN NEWS: Agradecemos sua atenção.
P.Lima: Gostaria de agradecer e parabenizar aos repórteres da Liga pelo belo trabalho que estão fazendo ! Lembro-me que ver novas notícias era raro no site da Liga e hoje podemos constatar o trabalho de vocês, que perdem um pouquinho do tempo da vida de vocês para nos divertir !

Gostaria também de me prolongar e dar os Parabéns para meu amigo pessoal e companheiro de equipe Charles Canato (Charlita). Ele fez aniversário dia 6, no dia 7 corremos e eu tinha prometido a vitória para ele. Essa aí foi para ele !




Abraço e obrigado pela oportunidade.

 

Por favor, faça login ou registre-se para comentar.
J! Reactions Commenting Software
General Site License
Copyright © 2006 S. A. DeCaro
 
< Anterior   Próximo >